Evernote ou Google Trips para planejar sua próxima viagem?

Comecei a usar o Evernote em 2008 justamente para organizar e planejar minhas viagens e, desde então, já produzi muito conteúdo a esse respeito.

Mas na minha última viagem usei em paralelo o Google Trips do primeiro ao último dia. Quer saber minha opinião? Assista o vídeo abaixo até o final para descobrir vantagens e desvantagens de cada um.

O Google Trips é bem simples, mas muito poderoso. O primeiro passo é se cadastrar com uma conta do Google e deixar ele trabalhar se conectando ao seu Gmail. O App vai buscar tudo relacionado a viagens e construir automaticamente alguns roteiros.

Mas nos meus testes, o Trips nunca conseguiu pegar todas as informações de reservas. Várias coisas podem acontecer e dificultar essa automação do Google.

Por exemplo, às vezes eu reservo o Airbnb e a minha esposa compra a passagem aérea. Nesse caso, cada um recebe um e-mail e mesmo que ela me encaminhe a confirmação da passarem, por algum motivo o Trips não captura essa informação automaticamente.

Portanto, o melhor nesses casos é continuar usando o Web Clipper do Evernote para capturar todo conteúdo pré-viagem e guardar em um Caderno como já sugeri em diversas ocasiões.

Enfim, estamos vivendo uma mudança de paradigmas e no vídeo “Entenda como será o Evernote e como ele te ajudará ainda mais no futuro” falei bastante sobre o assunto. Também comento o tema inteligência artificial no artigo "Não é uma competição por esse ou aquele espaço, é tudo em função da inteligência artificial”.

Conteúdo Complementar