O que é e para que serve o G Suite (antigo Google Apps).

O G Suite é o pacote corporativo do Google que inclui o uso de um endereço de email próprio, espaço de armazenamento no Google Drive e os aplicativos Docs, Sheets e Slides, que são os equivalentes ao Word, Excel e PowerPoint da Microsoft. Mas isso não é tudo. Na prática existem versões de quase todos os serviços do Google para assinantes do G Suite. Mas, afinal, vale a pena assinar o G Suite?

Este é o tema deste segundo vídeo da série a respeito dos diversos serviços do Google. Para acompanhar todos os vídeos desta série, publicados e futuros, assine a playlist ou meu Canal no YouTube.

Uma das vantagens é que apesar de oferecer para os assinantes versões pagas de exatamente os mesmos serviços gratuitos do Google, você terá acesso a versões mais profissionais com a possibilidade de usar a logo da empresa e gerenciar acessos e recursos de cada usuário. Porém, não existe a necessidade de um departamento de TI para administrar e manter tudo funcionando. Um profissional liberal, pequena ou média empresa podem manter uma pessoa ou pequena equipe que administrará o serviço quando necessário. Sem mencionar o excelente suporte técnico oferecido pelo próprio G Suite

E existem recursos exclusivos também. No caso do Google Drive, algo muito interessante é o Drive de Equipes ou Team Drive na versão em inglês. Esse recurso permite que você configure algumas pastas com acesso específico para os membros da equipe. Por exemplo, é possível definir que determinadas pessoas terão acesso a uma determinada pasta para leitura ou edição e tudo que for colocado lá será automaticamente compartilhado.

Outro recurso incluído no pacote é o Google Sites, que viabiliza a construção de um site com uma ferramenta muito simples e que pode utilizar conteúdo como vídeos, imagens e outros que estão armazenados no Google Drive da empresa.

Além disso, o G Suite não coleta, monitora ou usa seus dados nos serviços do pacote. E os dados armazenados contem com camadas de segurança e pertencem a empresa ou pessoa que contratou o serviço. Ou seja, é uma prestação de serviços muito diferente das versões gratuitas do Google que exploram a venda de publicidade.

Porém, existem algumas desvantagens. Por exemplo, nem tudo que está disponível para o Google gratuito, especialmente as novidades, chega no G Suite na mesma velocidade. Além disso, apesar da simplicidade, eventualmente será sempre necessário usar um painel de administrador para configurar ou gerenciar sua conta.

Gostou da dica? Compartilhe com os amigos.