Não entendo porque as pessoas ainda usam mapas de papel

Venho falando do City Maps 2Go há bastante tempo e a cada viagem fico mais encantado com o aplicativo. Ele é fantástico! Porém, em paralelo, me intriga o número de pessoas que vejo nas ruas usando smartphones e tablets para fotografar e consultar conteúdo, enquanto se perdem em mapas de papel. Então, cá estou novamente promovendo o aplicativo da Ulmon com um resumo de suas características:

  • Os mapas são armazenados para consulta offline. Ou seja, você não precisa gastar com plano de dados em roaming. E mesmo ao comprar um SIM Card local muito provavelmente haverá um limite de consumo e o City Maps 2Go é perfeito para isso também;
  • O GPS do seu celular mostrará sua posição exata na tela e você não precisará ficar rodando um mapa de papel enorme e procurando nomes de ruas próximas para tentar se localizar;
  • Não há serviço de navegação para o destino escolhido, mas você pode marcar os pontos desejados no mapa e seguir caminhando pelas ruas em direção a eles. Costumo marcar aeroportos, estações de trem e hotéis com uma cor (amarelo na imagem abaixo) e pontos turísticos com outra cor (vermelho na imagem);
  • A versão paga do aplicativo traz uma série de informações adicionais a respeito de cada ponto turístico, mas para os que viajam pouco a versão gratuita atenderá muito bem;
  • Você pode buscar estabelecimentos, supermercados, restaurantes e outros serviços por relevância ou proximidade;
  • Usuários podem incluir fotos e comentários e seguir e ser seguidos por outros. Significa que além das informações oficiais sobre os pontos, você poderá ler o que pessoas como você têm a dizer.

Portanto, se você viaja e ainda se confunde todo com mapas de papel, pare tudo e experimente o City Maps 2Go ao menos uma vez. Uma boa dica é baixar o mapa da sua própria cidade para se familiarizar com o serviço antes da próxima viagem.

Você pode tanto usar o próprio City Maps 2Go e dentro dele baixar os mapas que deseja, como pode baixar aplicativos que são versões específicas de algumas cidades. Como o conteúdo é o mesmo nos dois casos, prefiro concentrar todos os mapas dentro de um único espaço.