Minha câmera principal é o iPhone 5

Desde o iPhone 3G (o primeiro que usei) venho esperando por este momento. A câmera do 4 já tinha me mostrando que seria possível muito em breve substituir a antiga Canon PowerShot A480 pelo smartphone. Mas foi com o conjunto iPhone 5 e lentes Olloclip que finalmente me libertei da era da câmera digital.

Por que o iPhone?

Na verdade poderia ser qualquer telefone, mas este é o que uso e gosto. Creio que o mais relevante são os motivos que me levaram a esta decisão.

Em primeiro lugar está, é claro, a simplicidade de carregar consigo apenas um dispositivo para fazer o máximo de coisas. Mas existem outras vantagens que adoro:

  • O telefone é leve e está comigo o tempo todo;
  • Qualquer foto feita ganha automaticamente informações de geolocalização. Adoro isso! Fica fantástico no iPhoto;
  • Com o Photo Stream ativado, tenho um
    backup automático das minhas recordações;
  • É muito fácil focar, usar o zoom e outros recursos. Tudo com um ou dois toques na tela;
  • O compartilhamento com amigos e nas redes sociais não poderia ser mais simples.

Lentes Olloclip

Venho ensaiando a migração há algum tempo e com a ajuda das lentes, posso dizer com tranquilidade que não usarei mais câmeras digitais daqui por diante.

Comprei duas lentes que na verdade são cinco. Um mecanismo engenhoso permite encaixar e retirar as lentes com muita facilidade. E pra trocar de uma para outra, basta inverter a posição.

  • A lente 3 in 1 conta com o recurso Fisheye em um dos lados e a Wide Angle no outro. O milagre da multiplicação acontece ao desatarraxar a Wide Angle para ter acesso a lente Macro, que ainda não testei.
  • Já a Telephoto é composta por uma lente de zoom ótico de duas vezes em um dos lados e a Circular Polarizing do outro. Esta, aliás, pode também ser desencaixada e utilizada sobre qualquer das outras lentes para reduzir o reflexo.

Quando comprei os dois kits pensei que a 3 in 1 seria a mais usada e o vendedor da loja da Apple até me disse que não tinha ainda se convencido da utilidade da Telephoto. Entrei na conversa dele e passei um bom tempo ignorando a lente que na segunda parte da viagem — Boston e Nova Iorque — tornou-se minha preferida.

Por se tratar de um sistema de zoom, nossa mente parece ignorar que é possível fazer maravilhas junto com o foco com toque em tela do iPhone. Quando finalmente aceitei experimentar a Telephoto, ela passou a morar no meu iPhone.

Qualquer coisa, mesmo relativamente próxima, fica excelente mesmo com o zoom ótico. Apaixonado pela Telephoto, acabei me dando conta de que na verdade a 3 in 1 é que era inútil, um brinquedo caro. Exageros a parte, ela ficou sim quase o tempo todo guardada e a utilizei em situações muito específicas quando percebi que o objeto fotografado merecia mais liberdade artística.

Glif

Meu kit de fotografia com o iPhone é, entretanto, um pouco mais sofisticado. Além das lentes Olloclip, comprei também um Glif que permite conectar o iPhone a um tripé e ainda usar o fone de ouvido como disparador. Perfeito para determinados tipos de fotografia que exigem que a câmera fique estável. Comprei o Glif+, que me possibilita até mesmo pendurar o iPhone em algo se assim eu desejar.

Lifeproof

Faltava apenas um item para completar o arsenal, a Lifeproof, uma capa super leve a prova d’água. Pretendo usá-la em praias e outros locais para tirar fotografias em baixo d’água.

Ao comprar a capa você é instruído a realizar um teste antes de colocar seu iPhone em uma situação de risco. Ontem, depois de deixar a capa vazia por uma hora submersa em uma tigela, estou tecnicamente pronto para mergulhar o iPhone na praia. Só falta a coragem.

iPhoto

Há algum tempo eu desisti do aplicativo da Apple por ser um serviço pesado e consumidor de recursos. Mas ao optar pelo iPhone como câmera principal, não se pode abrir mão de algo como Photo Stream. Todas as fotografias são automaticamente enviadas para o iCloud e de lá para o iPhoto, onde é possível organizar tudo em eventos. Tudo automático! Nada de cabos.

Conclusão

É claro que não é possível substituir uma câmera mais sofisticada pelo kit descrito acima e continuo com inveja das maravilhosas fotos feitas com a Lumix e lentes da minha esposa, mas estou bastante contente com o resultado obtido na última viagem. Foram fotos com qualidade similar e em alguns casos melhores que as da minha antiga Canon PowerShot A480. Que venha o iPhone 5S e sua câmera ainda tecnológica!