Entenda as mudanças recentes no Postach.io

Ontem me senti o próprio detetive Spooner interpretado por Will Smith no filme Eu, Robô. Para os que não lembram ou não assistiram, a frase genial abaixo é dele em um dos muitos momentos em que se revolta contra as máquinas.

"I must be, like, a malfunction magnet. Because your shit keeps malfunctioning around me"

Pensei nessa frase algumas vezes ontem porque o dia começou problemático com o Flipboard fechando sozinho no iOS e depois dele diversos outros aplicativos. E ao desistir da minha leitura matinal, descobri que o conteúdo dos dois sites que hospedado no Postach.io havia desaparecido da web. Para completar, enquanto tentava entender e resolver este problema, fui bombardeado por 7 e-mails idênticos do about.me em alguns segundos e inúmeras atualizações de sites que supostamente sigo (?) no WordPress.

O dia terminou mal, mas pouco depois da meia noite as coisas — robôs? — começaram a voltar a funcionar normalmente. Principalmente o Postach.io, que vem passando por inúmeros ajustes nas últimas semanas.

Ao que tudo indica as coisas começaram a funcionar como antes. Porém, aproveitando esses problemas, dedicarei algum tempo a organizar o aldeia individual já me preparando para a cobertura da Evernote Conference. Em outras palavras, pode ser que você não encontre algumas publicações no site durante os próximos dias. Enfim, pretendo terminar tudo até o final de semana (27 e 28 de setembro de 2014).

O novo Postach.io

Como já previsto no meu livro Guia de Bolso Postach.io, terei que atualizar muito material a respeito da ferramenta. Pretendo fazer isso depois da Evernote Conference 2014 e publicar as atualizações nele e nos demais livros até janeiro de 2015. E tem gente que acha que vida de escritor é fácil!

Mas vamos a algumas das modificações que estão certamente confundindo a mente dos que leram meu livro.

  1. Publicação - Em primeiro lugar é importante explicar que o sistema de publicações com base em etiquetas personalizadas se foi. Isso significa que agora, ao publicar, você terá que abandonar sua etiqueta personalizada e usar "published". E para criar páginas, use "page";
  2. Redes Sociais - Por aqui as etiquetas também se foram. A única possibilidade agora é usar o sistema de publicação automática que pode ser configurado na área de ajustes do site;
  3. Markdown - Este é um item um pouco mais técnico, mas muita gente usa a linguagem. Agora qualquer post pode ser escrito em Markdown. Basta que você use a etiquete "markdown" e ele será convertido na publicação. Ou seja, você não pode mais configurar o site inteiro, precisará usar as etiquetas sempre. 

De um modo geral gostei de todas as novidades, mas estou levemente apavorado com o trabalho que terei na reformulação do livro. Será praticamente outro livro! E como de costume, todos que já compraram a primeira edição, receberão a atualização de acordo com as regras de cada loja.

Há ainda outro recurso muito bacana, a publicação via Dropbox. Este item é um pouco mais complexo e o descreverei no livro. Mas para os que falam inglês, há explicações na seção de ajuda do site Postach.io.

E é claro, imagino que no pós-Evernote Conference teremos ainda mais novidades e mais trabalho para o escritor 😊.