É realmente necessário inverter a AeroPress para fazer um bom café?

Antes de comprar a AeroPress realizei diversas pesquisas e assisti inúmeros vídeos. O apreço pela cafeteira é quase uma unanimidade, mas isso não impede as pessoas de quererem aperfeiçoar o equipamento. Alguns sugerem encaixar o êmbolo, inverter a cafeteira, colocar o pó, a água e finalmente tampar. Na imagem abaixo estou experimentando este método.

A lógica é bem simples. Realizando o café da forma como está descrito no manual, a água coada começa a pingar assim que é derramada dentro do tubo. Ou seja, não há como esperar tempo suficiente para que o aroma do café seja absorvido antes de pressionar o êmbolo.

Não sou especialista e confesso que não sei se isso faz algum sentido. O que sei é que o café realmente parece ficar melhor ao utilizar esse método. Pode ser apenas o efeito placebo, mas o que vale é nossa percepção, certo?

O lado chato é que a cafeteira não foi projetada para ser utilizada dessa forma e é preciso um mínimo de habilidade para inverter ela novamente, colocando a parte de baixo (que na foto está no topo) em cima da boca da xícara.



De tanto pensar sobre o tema, lembrei das aulas de física do segundo grau e tive a ideia de jogar a água da forma como foi projetado para ser feito e imediatamente encaixar o êmbolo. Apenas encaixar sem pressionar! A pressão do encaixe, como pode ser visto no vídeo abaixo, mantém a água presa no tubo até que eu resolva pressiona-lo.

A técnica funciona perfeitamente e tenho feito o café sempre assim agora. Coloco a água, encaixo o êmbolo, espero quase um minuto e depois pressiono. Bom, a física funciona... cabe a cada um decidir se é realmente necessário esperar ou não.