Google Drive em um HD externo

O serviço Google Drive, assim como o Dropbox e similares, permite que você sincronize uma determinada pasta do seu computador com a rede. Mas o que acontece quando nosso espaço local é mínimo?

Recentemente o sistema de armazenamento em memória flash do meu MacBook Air andou me pregando algumas peças e precisei sair de 1 TB e regressar ao tamanho original de 64 GB. Para os padrões de hoje, isso é praticamente nada! Minha estratégia para contornar o problema foi a seguinte: transferi para um HD externo de 1 TB todos os meus arquivos e mantive apenas os aplicativos no Air.

Além disso, já vinha utilizando há algum tempo o "pacote Office" do Google. Mas esse tema será explorado em artigo futuro. Fiquei ligado!

E para não precisar ficar carregando comigo o HD externo, transferi para lá o sistema de armazenamento local do Google Drive. Dessa forma terei acesso local quando em casa e se precisar de alguma informação “na rua”, posso entrar na versão web do Google Drive.

É muito simples configurar. Se já está assinado no Drive, a primeira coisa a fazer é desconectar sua conta. Agora assine novamente e vá clicando em OK até chegar a uma tela com um botão “Sync option” (item 1 na imagem abaixo).

Escolha uma pasta no seu HD externo (item 2 na imagem abaixo) e pronto! Quando o HD estive desconectado, verá uma mensagem de erro no sincronismo, mas isso não lhe causará problemas técnicos. Ah! Nessa mesma tela (item 3) você pode também escolher que pastas deseja sincronizar: todas ou apenas algumas.