Não basta guardar os documentos no Evernote, é preciso ser eficiente.

Organização eficiente de documentos é um dos tópicos das minhas aulas e consultorias, mas não basta organizar. É preciso que o processo seja eficiente e existem dicas e truques que nos ajudam a ganhar segundos ou minutos, que quando somados significam uma enorme economia de tempo.

O Evernote entrou na minha vida em 2008 para organizar meus roteiros de viagem, mas não demorou muito para que eu entendesse todo seu potencial da ferramenta e o próximo passo natural foi armazenar todos os meus documentos no aplicativo. Certidões, RG, CNH, passaporte e diversos outros documentos estão lá sempre à mão e isso já me ajudou várias vezes, conforme relato no meu livro.

A minha pergunta para você é: quando você pega seu passaporte, CNH ou outro documento, qual a informação está querendo na maior parte das vezes? Acredito que seja o número do documento, não é mesmo? Portanto, uma dica é sempre incluir o número no título da Nota. Algo como "Passaporte AB34563456". Desta forma será muito mais fácil ter acesso à informação. Assista o vídeo abaixo para entender melhor.

Este pequeno detalhe facilitará sua vida todas as vezes que o seu objetivo for apenas copiar o número do documento para usar em algum formulário.

Evidentemente você pode sofisticar um pouco a dica incluindo também a data de validade, mas tome cuidado, informações demais no título pode acabar prejudicando a visibilidade e o acesso a informações.

Gostou da dica? Compartilhe com os amigos.

Cuidado ao compartilhar Notas do Evernote | Tutorial completo e dicas.

Existem dois tipos de compartilhamento de Notas no Evernote. Um público, ou seja, todos aqueles para quem você enviou o endereço terão acesso ao conteúdo e outro privado, que restringe o acesso às informações.

Em outras palavras, somente pessoas autorizadas por você poderão ver o conteúdo e, dependendo do tipo de compartilhamento, poderão também editar aquela Nota.

Em outras palavras, qualquer conteúdo armazenado no seu Evernote pode ser compartilhado. Para criar um link público, que você pode encaminhar para alguém via email ou utilizar nas suas redes sociais, clique com o botão direito sobre a seta que aparece ao lado direito do botão "Compartilhar", escolha uma rede social ou a opção "copiar link público". Caso não esteja localizando esta opção, assista o vídeo abaixo.

+ Manual completo do Web Clipper.

Já o compartilhamento privado é direcionado a uma ou mais pessoas que poderão apenas ver, ver e editar ou ver, editar e compartilhar com terceiros. A escolha é feita por você no ato do compartilhamento. Clique no botão "Compartilhar", inclua um ou mais endereços de email e defina o tipo de compartilhamento. Ficou confuso? Assista a videoaula.

Mas seja qual for a sua escolha, lembre-se de que a partir do momento em que uma Nota está compartilhada, todo conteúdo existente dentro dela ou que venha a ser criando no futuro, está visível para terceiros. Portanto, tenha sempre muito cuidado.

E no caso de precisar encerrar o compartilhamento, basta clicar no botão Compartilhar, ou na seta à direita dele, e escolher a opção para interromper o compartilhamento.

Gostou da dica? Compartilhe com os amigos.

App Trello para para Mac e Windows | Primeiras impressões.

O Trello surgiu como um serviço online e depois ganhou aplicativos para Android e iOS, mas muitos ainda sentiam falta de uma versão para computador.

Digo isso porque meus alunos e clientes costumam me perguntar se existem versões para Mac e Windows. Agora posso dizer que sim.

Segundo o artigo publicado no blog da empresa, as vantagens do aplicativo em relação a versão web são os atalhos de teclado mais avançados, a possibilidade de ter várias janelas abertas ao mesmo tempo, as notificações e no caso do Mac, o uso da Touch Bar.

➤ Experimente o Trello gratuitamente
➤ Tutoriais para aprender a usar o Trello
➤ Evernote + Trello | passo-a-passo

Porém, no meu trabalho de consultoria percebo claramente a importância de um elemento que não estará presente, as extensões para navegadores.

Elas são muito importantes, principalmente no ambiente corporativo, porque viabilizam a adaptação do aplicativo para a realidade e necessidades específicas da empresa.

Outro problema que percebi durante os testes é que o aplicativo parece ser na verdade uma janela para a versão web. Quando o computador está desconectado da Internet não há muito que possa ser feito.

É algo que entendo como algo normal, uma vez que as atividades dentro do Trello são basicamente interações remotas.

Mas gostaria de ver no futuro alguma forma de armazenamento local e posterior sincronismo como acontece com o Evernote, Dropbox e outros serviços.

Enfim, de um modo geral vejo como muito positiva a iniciativa de criar aplicativos para o Mac e Windows. Sei que existe demanda e é um passo importante para que no futuro novos recursos sejam incluídos.

Gostou da dica? Compartilhe com os amigos.